It´s not me, it´s you

09jan13

Normalmente acho que quando uma pessoa para de falar comigo por motivo algum, a culpa é minha. Ninguém tá afim de ouvir seus problemas, te observar de perto. Salvo algumas pessoas que não falam de si mesmas, estas são chamadas de amigas. Algumas ficam por pouco tempo e depois somem. E é neste “sumir” que me preocupa. Sempre acho que a culpa é minha. E olha que a vida sempre me mostra que não, não é.
Lembro de um garoto que tinha uma amizade super legal com ele nos tempos de colégio. Do nada sumiu. E do nada parou de ser meu amigo. Eu achei que a culpa era minha. Talvez estava sendo chata demais, carente demais… Anos depois descobri que não. Ele se afastou de todo mundo, faz isso com as pessoas. Simplesmente não buscou as pessoas e parou de aparecer. Não foi comigo, foi com todos. E quando é com todos, a culpa nunca é de todo mundo e sim da pessoa. Tipico.
Uma história recente é de uma pessoa na qual realmente fiquei chateada com isso. Ela parou de me procurar do nada. Achei que era por causa das minhas constantes reclamações da vida. Depois soube que ela fez isso com algumas outras pessoas, amigos a mais tempo que eu. O motivo? Se cansou delas. Não está com paciência. Ou todas as pessoas são escrotas ou a escrota é você. E sim, a escrota é ela.
Talvez esteja passando por isso agora de novo. Uma amiga (???) está sendo grossa comigo sem motivo aparente. A única coisa que me lembro que posso ter feito algo de “errado” foi desejar feliz aniversário para uma ex amiga dela e ter falado mal de uma banda que ela gosta. Poderia pensar “estupidez, criancice” mas as pessoas agem como se tivessem 15 anos de vez enquanto. Analisando o pouco que sei, ela não tem amigos de longa data, normalmente eles enchem o saco dela e somem. Da última vez que a encontrei ela estava reclamando de uma atitude de sua amiga sem gravidade. Além de outras coisas.
Isso são só exemplos de normalmente quando o outro se afasta o problema pode não ser você, e sim o outro. E que as pessoas são assim: Se encostam por interesse e somem quando acaba o que queriam. Por isso que amigos são poucos.

Anúncios


No Responses Yet to “It´s not me, it´s you”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: